De olho nas escolas

Pais denunciam que filha teria relações com professor há dois anos. A menina de 15 anos estuda em uma escola de São José (SC), e teria apresentado algumas mudanças no comportamento. Até ai nada demais. Mas por que foram precisos 2 anos para os pais perceberem as mudanças de comportamento? A situação está ficando cada vez mais complicada e quando pedimos que os pais fiquem atentos fazemo-lo por absoluta convicção de que é a única forma de detectar que algo errado está acontecendo.

Anúncios

Vale a pena ler!

Benvindo Siqueira – ator e diretor de teatro e TV, autor e idoso.

Sempre pensei que ia morrer cedo. A luta armada, a clandestinidade na luta contra a ditadura, aventuras, promiscuidade, orgias, riscos…tudo me levava a crer que não chegaria aos trinta anos. Para quem tem vinte anos, quem tem trinta já é coroa. Tomei um susto quando vi-me vivo e saudável aos trinta. Aos quarenta percebi a possibilidade real da morte. No dia do meu aniversário quarentão, um jovem ator de 24 anos perguntou como eu me sentia: “Agora? de frente para a morte”. Para minha surpresa foi o jovem quem morreu logo depois.Aos cinqüenta apaixonei-me pela letra de Aldir Blanc na voz de Paulinho da Viola: “…aos cinqüenta anos, insisto na juventude…”, isto enquanto percebia meu ângulo peniano caminhando para os 90º. Mas, antes dos sessenta a pílula azul alargou minhas possibilidades e possibilitou-me ver o sexo por ângulos mais estreitos.

Agora estou além dos sessenta. Aos quarenta rezava pela alma dos mortos amigos e parentes. Nome por nome eu pedia ao Senhor. Hoje, são tantos os que caíram, que apenas peço “…pelos mortos em geral”. E mais uma vez espanto-me por estar ainda vivo, e consolo-me no Salmo 91.7 que diz:
“…1.000 cairão ao teu lado e 10.000 à sua direita, mas você não será
atingido”. Mesmo confiando na Palavra, ainda assim caminho embaixo de marquise pra São Pedro não me ver.

Ainda estou vivo, e pra quem pensou que morreria aos trinta descubro que existe vida após a vida. Mas o preço do viver é muito alto para o jovem de hoje: tem que comprar apartamento, arranjar um trampo, ganhar dinheiro, ficar famoso, comer todas, bombar no youtube, malhar, casar, ter filhos, comprar carro, estar bronzeado, conhecer tudo de web, e ainda ir ao show da Madonna, entre outras miudezas.

Após os sessenta você já está quites com tudo isto e pensa que vai viver em paz. Qual o quê: tem que tomar insulina, antidepressivos, rivotris, controlar a pressão, não comer açúcar, não comer sal, não fumar, não beber, se conseguir comer uma e outra já é uma vitória, tem que caminhar ao menos meia hora por dia mesmo sem querer, cuidar do joanete, dormir cedo, vender o apartamento, fugir da bolsa, não discutir no trânsito, não se alterar no caixa do supermercado, tolerar os filhos, agradar os netos, ficar calado diante da mediocridade, aceitar o salário de aposentado, ter o testamento em dia, e curtir todas as dores ósseas, nervosas e musculares porque se algum dia você acordar sem dor é porque está morto.

Claro que o idoso tem suas vantagens: uma delas é a transparência. Quanto mais velho mais transparente você se torna. Chega a ficar invisível:
ninguém mais lhe percebe, mais um pouco e nem lhe enxergam. Mas, pode passar à frente dos jovens nas filas todas, com aquele ar de superior:
“Você é jovem e sarado, mas eu tenho prioridade”. E ante qualquer
aborrecimento ou dificuldade você ameaça enfartar ou ter um AVC. Funciona sempre, todos logo se tornam gentis e cordatos, e é garantia de muitas meias e lenços como presentes no Natal.

Lidando com a minha “terceira idade” ouço de meu psicanalista, o bom Luiz Alfredo : “Só há dois caminhos: envelhecer…ou o outro, muito pior”. Prefiro envelhecer, aceitando cada minúsculo “sim” que a vida me dá com uma grande alegria e uma grande vitória. Hoje quando encontro vaga num elevador do shopping, quando o banco está vazio, ou quando encontro promoção na farmácia, já considero uma bênção gigantesca e agradeço a Deus pela Graça Alcançada.

Após os sessenta, como no filme de Brad Pitt, regrido na existência, deixo Paulinho e a viola de lado e reencontro Lupiscinio “Esses moços, pobres moços…ah se soubessem o que eu sei…” . Mas se soubessem não ia adiantar nada: porque a sabedoria é filha do tempo. Como diz o amigo Percinotto, também idoso: “o diabo é sábio porque é velho”.

Pelo andar da carruagem, percebo que já morri muitas vezes nesta vida, e que viverei até fartar-me.”

Pornografia vira traição ou o inverso…

Acho que neste caso foi o inverso. Aconteceu na Tailândia e o marido enganado esperou 5 anos para se vingar do amante da esposa. Por causa disso vai ser processado e o “outro” que era seu amigo. Pois é. Muito cuidado para quem frequenta motéis. Façam uma boa inspeção antes para não terem surpresas.(Leiam a notícia)

Pedofilia – Novas estatísticas

selocontraapedofilia1A pedofilia na internet continua crescendo, segundo a associação italiana Telefono Arcobaleno. Segunda a TA a pedofilia na rede cresceu 149% desde 2003, mas, em alguns países, como o Brasil, o número de usuários desse material caiu.
Sobre o Brasil, a associação indicou no relatório que o número de usuários que faz uso de material de pedofilia caiu 22% de 2003 a 2008. Acredito que este item se refere também à internet. Porque a pedofilia por aqui corre solta.
Só em 2008, a associação realizou 42.396 denúncias devido ao material de pedofilia presente na rede perante as autoridades de 45 países e os provedores de internet. Segundo o relatório, os países com mais denúncias são Alemanha (26.191), Holanda (5.256) e Estados Unidos (3.611).
Por zonas, a Europa é a que registra mais casos de pedofilia, com 86,6% das denúncias e com um aumento de 406% na quantidade de material de pedofilia desde 2003, na frente da América do Norte, com 10,8% das denúncias.
Diante dos números a pergunta é: o que acontece na Europa que não sobra tempo para que se criem leis mais rígidas para coibir o uso e abuso de material pornográfico infantil? Os políticos andam sempre muito ocupados em defender minorias oprimidas e esquecem de olhar com cuidado os resultados das suas defesas. Para esses vermes que usam crianças para satisfazerem seus instintos mais podres fica faltando tempo para coloca-los na cadeia junto a outros abusadores. Quem cuida das nossas crianças quando elas não são opção para promoção política e social?
Aos gays se juntam políticos em desfiles e discursos inflamados; às crianças abusadas quem se junta? Pais esfacelados pela culpa, quando tomam conhecimento? Alguns gritadores cujas palavras não ecoam? Quem?
Como se ajudam as nossas crianças a se afastarem de pedófilos de todas as idades quando tudo o que a mídia mostra são adolescentes dando vazão aos seus instintos que haveriam de ser sublimados aguardando a hora certa? Eu vejo crianças de 10 anos vestidas como mocinhas, maquiadas, de salto, desfilando pelo shoping, com aparência de moçoilas em busca de aventura. Sabemos o que atrai a libido, mesmo assim achamos bonito nossas crianças posando de adolescentes. Existe uma recompensa nisso – são nossas filhas, logo não negam as origens. É bonito mesmo! Temos meninas muito bonitas e rapazes muito bonitos também. É a evolução da espécie. E a evolução de valores onde fica?
Pais vamos retroagir aos valores antigos antes que seja tarde demais. Não se acanhem de falar não. A vida é cheia de frustrações e é o que os vossos filhos vão encontrar pela frente, a não ser que resolvam ignora-las e, sabemos onde isso leva.
Nada justifica a pedofilia, e não queremos criar culpa nos pais ou nas crianças, apenas alerta-los para não serem presas fáceis.
Cuidem do que os vossos filhos assistem na mídia; cuidem de saber onde estão os vossos filhos; façam parte da vida dos vossos filhos de perto. Sejam pais presentes.

Estupro

Pensando sobre o assunto, lembro que na mesma reportagem a BBc foi a Uganda verificar a veracidade sobre a alegação de que a igreja católica afirmava que os preservativos seriam causadores da AIDS já que eles não protegiam da doença. Para a igreja católica “os preservativos apresentam orifícios por onde o sémen contaminado escapa”. Vimos uma fogueira onde cidadãos obedientes junto com membros da mesma igreja queimavam centenas de preservativos. Mas não é só. A lavagem cerebral é tão bem feita que ao indagar junto a uma freira se ela acreditava que os preservativos provocavam a AIDS, o repórter da BBC ouviu espantado a mesma reafirmar o que ela acredita ser verdade. É tudo muito triste. Sabe-se que a cada 3 minutos morre em Uganda um ser humano com AIDS e essa é a forma que a igreja católica encontrou para melhorar a situação.
Infelizmente, em lugares onde a pobreza é lei para a maioria, a pobreza espiritual é sua acompanhante. Sabemos que uma não precisaria ser companheira da outra mas é assim na maioria das situações. A promiscuidade e o incesto também não são raros em famílias carentes de alimento físico e espiritual. Substitui-se o alimento pelo álcool, bem mais barato, e daí em diante a responsabilidade fica com a garrafa. O ócio é também um dos componentes que ajudam a piorar a situação. A falta de trabalho leva à falta de dinheiro, que leva à falta de paz, que leva à miséria de todo o tipo. E o estupro não fica longe de situações assim.

Pai aos 13 anos

paide13Esta notícia já está ficando velha mas continua me fazendo pensar. Uma menina de 15 anos ser mãe não chega a ser notícia. Um menino de 13 virar pai também quase não é, já que no Brasil isso também acontece com alguma frequência. Mas é para pensar. Quando eu tinha 16 anos lembro de enganar uma colega sabida que dizia que os bebés nasciam pelo umbigo. Quando ela me perguntava se eu sabia a minha resposta era afirmativa e categórica. Hoje ainda rio da minha ingenuidade, mas tenha santa paciência… Onde vamos parar deste jeito? A evolução está trazendo mais miséria…Será que não dá para dosar adequadamente o que se passa para as crianças? Pais ocupem algum tempo do vosso lazer para mostrar para os vossos filhos que ainda é bom brincar de cabra-cega, mata (bola), pique, esconde-esconde, pedrinhas, etc.

Coisa de bichos

sapoREFLEXÃO – (Arnaldo Jabor)
Para os homens que justificam o não querer saber de casamento dizendo:
“Por quê comprar a vaca se você pode beber o leite de graça?”,
aqui está a novidade para eles: hoje em dia 80% das mulheres não quer se casar!
Sabem por quê?
Porque elas perceberam que não vale a pena comprar um porco inteiro só para ter uma lingüiça.
Nada mais justo.”