Utilidade Pública

O Ministério das Finanças aconselha:

Anúncios

Quitando as contas…

Maio de 2009, numa cidade litorânea do RS, muito frio e mar agitado, a cidade parece deserta.
Os habitantes, endividados e vivendo as custas de crédito. Por sorte chega um gringo rico e entra num pequeno hotel.
O mesmo saca uma nota de R$100,00, põe no balcão e pede para ver um quarto.
Enquanto o gringo vê o quarto, o gerente do hotel sai correndo com a nota de R$ 100,00 e vai até o açougue pagar suas dívidas com o açougueiro.
Este, pega a nota e vai até um criador de suínos a quem deve e paga tudo.
O criador, por sua vez, pega também a nota e corre ao veterinário liquidar sua dívida.
O veterinário, com a nota em mãos, vai até a zona pagar o que devia a uma prostituta (em tempos de crise essa classe também trabalha a crédito).
A prostituta sai com o dinheiro em direção ao hotel, lugar onde, as vezes, levava seus clientes e que ultimamente não havia pago pelas acomodações, e paga a conta.
Nesse momento, o gringo chega novamente ao balcão, pede a nota de volta, agradece mas diz não ser o que esperava e sai do hotel e da cidade.

Ninguém ganhou nenhum vintém, porém agora toda a cidade vive sem dívidas e começa a ver o futuro com confiança!

Moral da história:
Quando circula o dinheiro, não há crise!

Quem é o pai?

Sueli Brandão quer ser reconhecida como neta-filha-amante do bilionário Antônio Luciano Pereira, uma lenda em Minas Gerais por causa da voracidade sexual
IVANA FERRARI, conta na Revista Época um “causo” que nem parece tão estranho para nós acostumados que estamos a histórias inverossímeis.
Se o pai fosse um pobretão não haveria tanta corrida pela paternidade, mas apesar dos motivos que possam movimentar os possíveis filhos de incesto continuamos às voltas com o primitivismo do homem que tudo pode. O dinheiro é garantia de isenção de punição. Aqui, é claro. Depois a coisa muda de figura…Afinal a passagem deveria ser usada para melhorar. Mas vai que ele melhorou?

Gato esperto

Se a moda pega vai ter gato e outros bichos espalhados pelas ruas competindo com os humanos. Não entendo como o gato fica parado. Não é coisa de gato…
gatoGato pede esmola em uma cidade da Belarus. Animal permanece no local com um cartaz, que diz: ‘preciso de dinheiro para comprar peixe’. Felino não abandona seu lugar e protege o dinheiro apenas com o olhar. A proprietária do gato fica nas proximidades. (Foto: Divulgação)

Crianças

Numa escola, pediram às crianças que, através de um desenho, dizerem o que queriam ser quando fossem grandes.
Uma das crianças disse que gostava muito da sua mamã, e que queria fazer o mesmo que ela. Para tal, desenhou a sua visão do trabalho da mamã: desenho
Como podem imaginar, os professores ficaram espantados com este desenho. Os professores “homens” ficaram até ansiosos por conhecer a mão desta aluna, pelos vistos uma stripper de sucesso…
Ao ter conhecimento do desenho da filha, a mãe apanhou um susto! Imediatamente, escreveu uma carta para a escola, nos seguintes termos:

Exmo. Sr. Director da Escola,
Quero ser muito clara relativamente ao desenho que a minha filha elaborou na escola. Não quero que fique com a impressão errada. O meu emprego é na loja Home Dept., em Chicago, onde sou empregada de balcão. Há dias, contei à minha filha que fizemos um “dinheirão” vendendo PÁS para retirar a neve às centenas de automobilistas cujos carros ficaram bloqueados num grande nevão… É isso que o desenho retrata!!!