HALITOSE

O mau hálito é para muita gente sinónimo de terror. Na maioria das vezes, para não dizer todas, os portadores do distúrbio não se apercebem, mas sabem muito bem o desconforto que sentem quando se relacionam com uma pessoa que sofre do problema. Há por isso algumas pessoas que vivem em pânico com a hipótese de terem mau hálito.

A halitose, ou mau hálito, não é uma doença, mas um sintoma de que algo não vai bem no organismo. É uma espécie de alarme que o organismo acciona para demonstrar que algo precisa ser resolvido. A pesquisa da causa do odor pode por vezes obrigar à existência de uma equipa médica multidisciplinar, mas esses são os casos mais complicados, na maioria das vezes é muito mais simples.

Grande parte dos casos de mau hálito tem origem na boca, um ecossistema no qual vivem centenas de espécies de bactérias com diferentes necessidades nutricionais. Quando essa flora digere proteínas, podem ser libertadas substâncias que têm mau cheiro.

Estudos aprofundados revelaram que habitualmente o ponto de origem do mau cheiro se encontra bem no fim da cavidade oral, para lá da língua. A explicação é simples: essa região, além de receber um fluxo diminuído de saliva, contém grande número de pequenas criptas nas quais as bactérias podem alojar-se. Nesse local privilegiado, elas digerem as proteínas dos restos alimentares ali retidos e as contidas no muco que goteja imperceptível dos seios da face na direcção da faringe (gotejamento pós-nasal).

As causas mais comuns de mau hálito podem ser várias, desde a má conservação dos dentes, inflamação das gengivas, pedaços de alimentos retidos nos dentes, menor produção de saliva (por isso, o odor matinal é sempre mais forte do que os que ocorrem durante o dia); boca seca originada por jejum prolongado, desidratação, exposição ao ar condicionado, stress, uso de certos medicamentos, assim como respirar pelaboca e falar por muito tempo, Infecções como amigdalites ou sinusites são também causas frequentes.

As consultas regulares no médico dentista ajudam e previnem grande parte dos problemas e depois há pequenos truques para ajudar a sossegar as pessoas mais preocupadas: beber bastante água durante o dia, evitar ficar muitas horas sem comer, escovar a língua quando se lavam os dentes (passar a escova devagar para evitar sensação de vómito), mastigar de vez em quando (não todos os dias) uma pastilha elástica ou rebuçados sem açúcar para aumentar a salivação, o que vai ajudar a “limpar” a cavidade oral, entre outras.

Ler mais: http://caras.sapo.pt/lifestyle/lifestyle_iniciativas/2012/08/15/mau-halito-nao-e-doenca-e-um-alarme-do-organismo#ixzz24tHPJujz

4 pensamentos sobre “HALITOSE

  1. Olá,

    Achei teu post bastante interessante e descreve bem o assunto.

    Acabe logo com o problema de Mau Hálito atráves de receitas simples que todos podem fazer.

    Tenha acesso restrito em nosso Site para receber informações exclusivas e também acesso no Blog e Contato.

    http://www.fimdomauhalito.vai.la/

    NÃO PERCA ESSA CHANCE ÚNICA PARA RESOLVER ESTE PROBLEMA DE FORMA SIMPLES E BARATA!

  2. Olá,
    Achei muito interessante este Post. Parabéns!

    Aprenda como curar o mau hálito em menos de 72 horas, e a ter dentes mais fortes e saudáveis, por toda a vida!

    Método Natural para Acabar Definitivamente com o Mau Hálito em 3 Dias!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s