Da minha safra

O dia que te iluminou escurece
A noite te acolhe e se oferece
Depende de ti.
Depende de ti que te abandones
Depende de ti que não penses
Depende de ti que fujas do rumo
Depende de ti que te libertes.
Ser ou não ser, depende de ti.
A noite que brilha ou a noite escura.
A noite de sempre ou a noite da cura.
A noite, bela e intensa,
A noite densa
Na nossa ternura.
Escolhe a noite.
Escolhe a vida.
08/08/2010

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s