Escola versus violência

att1D51
Este é o retrato da educação a nível mundial. O Brasil ocupa o 4º pior do ranking. Na realidade, até acredito que essa pesquisa esteja um pouco defasada, já que é difícil imaginar situação pior que a que encontramos nas nossas escolas. Principalmente nas escolas públicas, onde os alunos vão para a escola continuar o que fazem em casa, ou seja nada de aproveitável e muito de falta de respeito com a escola, os professores e os próprios alunos que deveriam aproveitar a oportunidade que lhes está sendo dada.
Perguntamo-nos várias vezes o que levou a esse estado de caos generalizado nas escolas. Particularmente acredito que o caos partiu do lar de alguns alunos e, infelizmente, de alguns professores e da impunidade que acompanha a desordem e a violência. Foram-se há muito tempo as regras e limites que deixavam claro quem era quem, sem autoritarismo mas com autoridade e hierarquia. O professor passou de educador a “personna non grata”. O aluno se diverte fazendo o professor de otário, isso para dizer o mínimo. É uma vergonha o que acontece na educação.
Agora culpar professores ou alunos pela situação vai resolver? Sabemos que não. Então o que resolve? Que Deus me perdoe, mas chego a lembrar de Sodoma e Gomorra, nas devidas proporções. Tem coisas que só mudam quando cortadas pela raiz. Eu colocaria um camburão na porta de cada escola, colocaria um policial na porta de cada sala de aula, isto para conter a violência. Entraria com um programa de educação que colocasse essas regras e limites que fizeram um dia da escola o segundo lar, e a par disso daria condições às escolas para que seus professores e alunos sentissem interesse em aproveitar o tempo que passam lá. Ao exigir do professor competência tem que ser-lhe dadas condições para realizar o seu trabalho com tranquilidade e segurança. Depois, que se peneirem os professores engajados no trabalho, para que os relapsos que sabemos que existem, não sejam confundidos com os que querem levar o ensino e a sua responsabilidade para a sala de aula.

Anúncios

Um pensamento sobre “Escola versus violência

  1. Sempre que se fala em educação já sabemos que o Brasil sempre sobe ao pódio(dos piores, é claro)! Infelizmente como educadora não vejo perspectivas de melhora do ensino em nosso país haja vista que ele deixou de ser prioridade para quase todos: governantes, pais, alunos e mesmo para muitos educadores. A parcela daqueles que acreditam ainda num ensino de qualidade e principalmente que o veem como uma porta a ser transposta para elevar seu nível socioecônomico é muito menor que nos meus tempos de escola(e olha que não faz tanto tempo assim que passei pelos mesmos bancos para quem hoje leciono). Felizmente ainda nos resta a esperança, pois como já diz o ditado ” essa é a última que morre”1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s